Uva passa: conheça 7 benefícios para colocá-la na ceia por Qual Farmácia

Uva passa: conheça 7 benefícios para colocá-la na ceia

Como se já não bastasse aquela clássica pergunta de tio “é pavê ou pacumê?”, outra polêmica que tem ganhado uma proporção enorme durante as festas de final de ano e nas redes sociais é: por que colocar uva passa em tudo? Afinal, há quem ame essa fruta seca, porém há também quem odeie a sua existência.

Mas, antes que você adote um lado nessa discussão, nós listamos 7 benefícios que podem levá-lo a manter as uvas passas na sua alimentação não só nas ceias do fim de ano, como também no seu cotidiano. Continue a leitura e confira!

São fontes de energia

Para aqueles que executam grandes esforços diários tanto como aqueles que praticam esportes ou atividades físicas de alto impacto, as uvas passas são excelentes fontes energéticas, porque são ricas em carboidratos e açúcares naturais de absorção rápida. Oferecendo assim mais energia ao organismo.

Além disso, comer uvas passas auxilia na absorção de outras vitaminas e proteínas, que quando deficientes no organismo provocam a queda do sistema imunológico.

Melhoram o sistema digestivo

Consumir uvas passas é ideal para quem tem problemas de prisão de ventre. Isso acontece devido as suas propriedades laxantes e ácidos orgânicos, como a frutose e a pectina, que ajudam a limpar o intestino. Quando ingeridas regularmente, as uvas passas auxiliam a manter o movimento intestinal e aliviam a constipação gastrointestinal.

Protegem os olhos

A longo prazo, por possuírem substâncias antioxidantes, as uvas passas podem proteger a visão dos efeitos da oxidação natural das células e do tempo. Diminuindo as probabilidades do desenvolvimento de problemas oculares como a Degeneração Macular Relacionada à Idade, a Catarata, o Glaucoma, entre outros.

Contribuem para a saúde óssea

As uvas passas também são excelentes fontes de cálcio e magnésio, nutrientes essenciais para o fortalecimento e a formação óssea. Além do mais, um micronutriente abundante nas passas, o boro, é um ótimo aliado na absorção do cálcio.

Por isso, mulheres e idosos que estão no grupo de vulnerabilidade da osteoporose devem investir na ingestão regular das uvas passas. Pois o combate à doença também se dá pelas mudanças de hábito e pela adoção de uma alimentação mais equilibrada.

Ajudam no cuidado dental

O ácido oleanólico é um componente das uvas passas que desempenham um papel importante na proteção dos dentes, seja contra as cáries ou, até mesmo, no combate à sensibilidade dental. Essa substância também impede o crescimento de bactérias nocivas que causam a gengivite e o tártaro (problema bucal ocasionado pelo acúmulo de placa bacteriana).

Outra vantagem é que, por ser um alimento rico em cálcio, as uvas passas também evitam danos e rupturas no esmalte dos dentes.

Favorecem a saúde do coração

As uvas passas também são amigas do coração. Por causa da catequina, que é uma propriedade antioxidante, elas podem ser eficazes no combate ao colesterol ruim e na regulação da pressão arterial. O que evitaria problemas de hipertensão, acidente cerebral vascular (AVC), entre outros distúrbios que afetam a saúde do órgão.

Auxiliam na manutenção do peso

Muitas pessoas que estão passando por uma dieta evitam as uvas passas devido as suas calorias. No entanto, é necessário alertar que não é preciso se intimidar com esse fato e cortar de vez essas frutas secas da alimentação. Quando consumida numa porção moderada, inclusive, elas podem adoçar o paladar e substituir os doces hipercalóricos.

No mais, também é importante frisar que, quando ingeridas de forma equilibrada, podem auxiliar no controle das taxas hormonais, reduzir o colesterol e ainda oferecer aquela sensação de saciedade, que induz ao menor consumo de calorias.

Então, depois de conhecer mais sobre as propriedades e benefícios da uva passa, em quais receitas você irá mantê-la? Não deixe esse debate acabar e aproveite para compartilhar esse post com seus amigos e familiares!

Leia ϟ comentários

ϟ Comentários

Voltar Comentar