Uma vida organizada exige desapego! por Qual Farmácia

Uma vida organizada exige desapego!

Não adianta revirar os olhos, se contorcer na cama e procrastinar mais um pouquinho: está na hora de se organizar! Não só a agenda de compromissos e metas para 2018. Mas também, o guarda-roupas e as gavetas que estão entulhados de itens que não se usa mais, a sapateira com calçados que não servem mais e até a prateleira com livros que nunca lerá.

“Adeus ano velho, feliz ano novo” para algumas pessoas, só faz sentido quando fazem esse ritual de passagem, que consiste em desapegar de tudo que não utiliza mais. Deixando a vida literalmente mais organizada para que novas energias possam habitar o lar e as coisas boas com o ano que está porvir!

Contudo, se você não sabe por onde começar, nós podemos te ajudar! No post de hoje, reunimos 5 passos do Método KonMari, baseado no livro “A Mágica da Arrumação” da Marie Kondo, para você colocar em prática.

1. Descarte! 

Encare esse primeiro item como uma ordem (em duplo sentido mesmo). Um papel que você não precisa mais, uma roupa que não usa há anos, um chaveiro de estimação… Isso não te pertence mais! Jogue fora! Doe! O maior inimigo da organização é o acúmulo e o apego às coisas que já não desempenham nenhuma utilidade em nossa vida.

2. Isso te traz alegria? 

Quando estiver separando o que deve ser passado adiante e tiver dúvidas do que deve permanecer, faça essa pergunta. Olhe para aquela blusa verde musgo guardada no fundo do armário e se questione: “isso me traz alegria?”. Caso a resposta seja negativa, se desfaça do item. O princípio desta pergunta se dá, principalmente, pelo fato de que se nós queremos estar bem, então é natural que só permaneçamos com aquilo que nos traz felicidade.

3. Organize por categorias, não por local

Quantas vezes a gente começa uma organização pelo quarto e deixamos os outros espaços da casa desorganizados? O ponto-chave aqui é: organize por categorias! Reúna, por exemplo, todas as suas roupas. Quando as vemos juntas tomamos consciência de quantas peças são necessárias ou não no nosso cotidiano.

Faça isso com todos os outros itens: sapatos, livros, papéis, vasilhas plásticas, panelas, etc. Assim, você se desfaz definitivamente daquilo que não utiliza mais.

Vale seguir a ordem de prioridades que Marie estabeleceu: roupas > livros > papelada > miscelâneas > itens de valor sentimental. Dessa maneira, quando chegar ao último tópico, você já estará preparado para se desapegar.

4. Colocando no lugar

Na hora de arrumar seus itens nos seus devidos lugares, divida apenas em duas seções: uso frequente e pouco usual. Assim fica mais fácil de manter aqueles que são de uso frequente à vista e, os outros, em local de fácil acesso para que possam ser lembrados para serem utilizados – quando necessário, ou na época ou estação corretas.

5. Usou? Guardou!  

Não há efeito rebote se você torna o ato de organizar um hábito. Essa é a premissa de Marie. Para que sua casa não volte à desorganização, a regra é clara dos maiores aos menores itens: usou, guardou!

[Extra] Seja grato! 

Parece pequeno e bobo, mas esse é outro princípio básico aplicado por Marie. Vai se desfazer de algum item? Agradeça a ele pela função que exerceu em sua vida e deixe que ele siga sua caminhada. A gratidão não só vai fazer bem a você por esse momento, como também ao objeto que será energizado e entregue para ser utilizado por outra pessoa.

E aí, gostou desse método? Vai aplicá-lo na sua vida? Conta para gente e aproveite para compartilhar esse post com seus amigos e familiares!

Leia ϟ comentários

ϟ Comentários

Voltar Comentar