Tatuagem Pense bem antes de fazer! por Natália Nery

Tatuagem? Pense bem antes de fazer!

Foi-se tempo em que fazer uma tatuagem era considerado um ato de rebeldia. Hoje, marcar a pele com tinta não só é sinônimo de personalidade, como também de expressão artística e corporal e autoestima elevada que se popularizou entre jovens, adultos e, até mesmo, idosos. Mas, antes de se submeter à técnica, que tal refletir sobre alguns cuidados com a pele antes e depois do procedimento?

Atualmente, a tatuagem nada mais é do que o resultado do depósito de pigmentos aplicados na derme, a segunda camada do tecido epitelial (pele). Para isso, os profissionais utilizam uma máquina que, possui múltiplas agulhas, executando movimentos de vai e vem que perfura a pele e insere a cor do desenho escolhido.

Antes de fazer a tatuagem

Porém, antes de fazer a tatuagem, é necessário tomar alguns cuidados, como:

-Escolha um local da pele livre de sinais, pintas ou manchas. A tatuagem dificulta a visualização dos primeiros sinais de câncer de pele. Quando detectado precocemente, o câncer de pele (incluindo o melanoma, que é a forma mais letal), pode ser tratado com um prognóstico bom.

-Tenha cautela se você tiver histórico de problemas de pele. Certas doenças como psoríase, líquen plano (uma condição que causa a inflamação da pele) vitiligo e sarcoidose (uma doença que provoca o crescimento de pequenos grupos de células inflamatórias em diferentes partes do corpo, incluindo a pele) podem surgir ou entrar em crise nos locais de pele tatuada.

-Procure estúdios de tatuagem regulamentados, que utilizem equipamentos estéreis e descartáveis, eliminando infecções por contaminação.

-Certifique-se da qualidade e da procedência das tintas. Assim, caso você se arrependa da tatuagem posteriormente, existem tintas mais fáceis de remover por laser, mas que provavelmente desaparecerão ou desbotarão mais rapidamente.

Durante o procedimento

Você pode ter escolhido o melhor estúdio, com o profissional mais expert no assunto e ter se atentado a todos os detalhes anteriores citados… Mas ainda assim é preciso ficar de olho durante a realização do procedimento, pois pode acontecer alguns problemas, como:

-Reações alérgicas: tintas para tatuagem—especialmente corantes vermelhos, verdes, amarelos e azuis—podem causar reações alérgicas na pele, como uma erupção cutânea com coceira no local da tatuagem. Isso pode ocorrer até mesmo anos depois de receber a tatuagem.

-Infecções da pele: uma infecção na pele é possível após a tatuagem.

-Outros problemas de pele: às vezes, uma área de inflamação chamada granuloma pode se formar em torno da tinta da tatuagem. Tatuagem também pode levar à formação de queloides (uma marca na pele com tecido em formato irregular que surge após o processo de cicatrização).

-Doenças transmitidas pelo sangue. Se o equipamento usado para criar sua tatuagem estiver contaminado com sangue infectado, você pode contrair várias doenças transmitidas pelo sangue – incluindo Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA), ou seja, uma bactéria resistente a antibiótico, hepatite B e hepatite C.

-Complicações na realização de ressonância magnética: raramente, tatuagens ou maquiagem permanente podem causar inchaço ou queimação nas áreas afetadas durante os exames de ressonância magnética. Em alguns casos, pigmentos de tatuagem podem interferir na qualidade da imagem.

Após a tatuagem

-Use protetores solares: como a luz ultravioleta (UV) pode desbotar algumas tintas (e, em alguns casos, causar uma reação dolorosa na pele), proteja sua tatuagem aplicando um protetor solar resistente a água de amplo espectro. Aplique sempre 30 minutos antes de sair de casa, permitindo que a pele absorva e reaplique a cada 2 horas.

-Evite camas de bronzeamento artificial: essas práticas não apenas aumentam a chance de o desbotamento da cor da tinta ou uma reação, mas também aumentam o risco de câncer de pele.

-Use hidratante: às vezes, a pele tatuada pode ficar seca – mas você sabia que o tipo de hidratante que você usa pode afetar negativamente sua tinta? Se a pele descamar na área da tatuagem, aplique uma loção ou creme à base de água na tatuagem.

No entanto, se algo parecer errado ou se você se sentir mal (se a sua tatuagem é nova ou tem anos, se a sua pele nessa área está mudando de alguma forma), consulte um dermatologista! Sua pele pode estar tendo uma reação à tinta, e isso pode acontecer anos depois. Um dermatologista pode diagnosticar rapidamente o que está acontecendo e recomendar o tratamento.

Nesse sentido, também é válido destacar que o uso de produtos à base de petróleo podem comprometer o processo de cicatrização, causando também o desbotamento da tinta. Por isso, evite se automedicar!

E aí, tem mais dúvidas sobre os cuidados com a pele antes e depois da tatuagem? Você já fez tatuagem e se arrependeu? Então, fique ligada (o) que no próximo mês abordarei sobre o procedimento à laser para remoção da tatuagem!

 

Leia ϟ comentários

ϟ Comentários

Voltar Comentar