Conscientização em foco no Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial por Qual Farmácia

Conscientização em foco no Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial

Celebrado neste dia 26 de abril, o Dia Nacional de Combate à Hipertensão chama atenção durante toda a semana com o objetivo de alertar a população brasileira sobre os cuidados básicos e prevenção de um mal que atinge aproximadamente 25% da população.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Hipertensão, a doença mata 300 mil brasileiros anualmente, com 820 mortes por dia, 30 por hora ou uma a cada 2 minutos. A hipertensão arterial ou, como é popularmente conhecida, a pressão alta é uma doença crônica determinada por elevados níveis de pressão sanguínea nas artérias, o que faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer circular o sangue através dos vasos sanguíneos.

A doença cardiovascular é um dos principais fatores de risco para a ocorrência do acidente vascular cerebral, infarto agudo do miocárdio, doença arterial periférica além de ser uma das causas de cegueira, insuficiência renal crônica e insuficiência cardíaca.

Quem pode sofrer com pressão alta?

Tanto homens quanto mulheres podem ter pressão alta. No entanto, pessoas que não têm hábitos alimentares saudáveis e que ingerem muito sal, exageram no consumo de álcool ou são diabéticas tem maior probabilidade de desenvolver o mal.

O médico cardiologista do Instituto do Coração de Taguatinga, Dr. Bruno Jardim ressalta que para não sofrer com a hipertensão, o paciente deve estar atento aos hábitos do dia a dia e prevenir-se. “A maioria da população não sabe que é hipertensa, por se tratar de um mal silencioso de início, porém comprometendo vários órgãos do corpo além do coração”, relata o médico.

Prevenção

Dr. Jardim reforça que além dos tratamentos medicamentosos da doença, o paciente hipertenso precisa rever o estilo de vida. Adotar uma dieta rica, equilibrada e com sal reduzido, praticar regularmente atividades físicas, fazer o controle de peso, visitar periodicamente o médico e monitorar diariamente a pressão arterial são fundamentais para manter a qualidade de vida dos hipertensos.

Conhece alguém que sofre com este mal? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e espalhe conteúdo de qualidade!

Leia ϟ comentários

ϟ Comentários

Voltar Comentar