Caneta inteligente é capaz de detectar câncer por Qual Farmácia

Caneta inteligente é capaz de detectar câncer

Com o avanço da tecnologia, o conceito de cirurgia minimamente invasiva tem sido cada vez mais difundido. Isso porque neste tipo de procedimento é proposto um conjunto de técnicas, junto à utilização de equipamentos modernos, que possibilitam uma operação mais rápida, precisa e segura.

Nesse contexto, é sabido que a cirurgia para a retirada de câncer é uma das intervenções médicas mais complexas que pode, em muitos casos, levar horas para ser concluída. Entretanto, pesquisadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, criaram uma caneta denominada MasSPec Pen que pode auxiliar nesse processo ao identificar células cancerígenas em dez segundos.

Como funciona

Primeiramente, é feito um pequeno corte sobre o local a ser examinado. Em seguida, o dispositivo portátil é inserido na região que, ao tocar o tecido cancerígeno, libera uma gota de água. O objetivo desta prática é a de forçar a reação química das células vivas que, por sua vez, se movem para a gotícula, possibilitando que a ferramenta a sugue novamente para a análise.

Após esse procedimento, a caneta é conectada a um espectrômetro de massa, um equipamento que pode medir a massa de milhares de substâncias químicas a cada segundo. O novo aparelho ajuda a analisar as propriedades do líquido extraído, permitindo distinguir se o tecido explorado está saudável ou canceroso.

Resultados

De acordo com os cientistas, a tecnologia já foi testada em 253 pacientes e, em 96% dos casos, o resultado foi preciso. A expectativa é que a MasSPec Pen seja aprimorada para analisar ao invés de um pedaço de tecido 1,5 mm de diâmetro, examinar uma parte tão pequena quanto 0,6 mm de diâmetro. Para então, poder lançá-la no mercado a partir de 2018.

A ideia é que a nova ferramenta além de oferecer um diagnóstico eficaz e a melhora da precisão cirúrgica, também possa evitar a reincidência do câncer, já que este é um desafio para os cirurgiões devido a dificuldade em identificar qual parte do tecido que está afetado ou não. Ou seja, a caneta facilitará o acesso às áreas do tumor que podem ser removidas, impedindo assim as chances do seu reaparecimento no organismo.

E aí, gostou da novidade? Aproveite e compartilhe com os seus amigos e familiares! E não deixe de acompanhar outras matérias sobre Saúde e Tecnologia aqui no blog Qual Farmácia!

Leia ϟ comentários

ϟ Comentários

Voltar Comentar