A definição de inteligência e seus 8 tipos por Qual Farmácia

A definição de inteligência e seus 8 tipos

Antes de começarmos a conversar sobre isso, é preciso levar em conta que ao longo dos anos, não só a inteligência humana, mas também diversas facetas, habilidades e características da gente sofreram mudanças de conceito na hora de buscar o embasamento científico. Ou seja, ainda há muito o que descobrir e explicar. Sabemos pouco sobre o verdadeiro potencial do cérebro.

Nesse sentido, o próprio significado de inteligência é algo proporcionalmente delicado quanto aos artifícios utilizados para fazer essa significação. O real consenso científico concreto e unificado, não pôde ser pautado, ao menos até então. Isso porque há muitos especialistas que defendem ideias diferentes e existe um número limitado de testes com capacidade de alcançar o que consideramos universal.

A teoria de H. Gardner

Howard Gardner é um psicólogo estadunidense bastante premiado por sua atuação em seu campo de estudo. Ele é conhecido especialmente por sua teoria sobre as múltiplas inteligências.

De acordo com sua teoria, o cérebro humano teria capacidade para obter talentos especiais que poderiam ser classificados em 8 tipos de inteligência, que não precisariam estar ligadas para se desenvolverem.

As inteligências, segundo Gardner seriam a lógico-matemática, a musical, a interpessoal, a intrapessoal, a linguística, a espacial, a naturalística e a corporal cinestésica.

As 8 inteligências

Lógico-matemática: é a inteligência “mais conhecida como inteligência”. É a capacidade diferenciada de lidar com números, lógica e estratégia.

Musical: é a inteligência de quem possui habilidades intensificadas de compreender, reproduzir e estabelecer um entendimento de padrões sonoros muito diferentes.

Interpessoal: é a inteligência diferenciada para compreender o outro e suas manifestações sentimentais.

Intrapessoal: é a inteligência para o autoconhecimento, autonomia, filosofia, literatura, motivações e a construção pessoal.

Linguística: é a inteligência para lidar com palavras, com a escrita e com a oralidade. É a habilidade de conseguir compreender e transmitir a comunicação em diferentes padrões de compreensão e dificuldade.

Espacial: é a inteligência para compreender o espaço, as formas, as medidas e tamanhos e as cores também.

Naturalística: é a inteligência diferenciada para lidar com a natureza, os fenômenos naturais e os seres vivos.

Corporal-cinestésica: é a inteligência para utilizar e compreender o próprio corpo como uma máquina de movimentos que podem criar, solucionar e interpretar o mundo à volta.  

Ciência e tecnologia

Considerar esses 8 tipos de inteligência cientificamente, é algo impressionante, não? A tecnologia aplicada à saúde é um serviço para a humanidade. Definir inteligências, medir seu grau e poder classificar a genialidade com base em atuações e capacidades distintas só é possível graças ao relacionamento de interdependência da tecnologia com o mundo científico.

Esse é o primeiro conteúdo da nova série de novidades que você vai poder acompanhar aqui no blog Qual Farmácia sobre a junção da ciência com a tecnologia. Não perca! Tudo em primeira mão para você!

Leia ϟ comentários

ϟ Comentários

Voltar Comentar